Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Boeing conclui atualização para recertificação do 737 MAX após acidentes
Início do conteúdo da página

Boeing conclui atualização para recertificação do 737 MAX após acidentes

  • Publicado: Segunda, 20 de Maio de 2019, 02h14
  • Última atualização em Segunda, 20 de Maio de 2019, 02h14

A Boeing anunciou que concluiu o desenvolvimento do software atualizado para a família 737 MAX, juntamente com os testes de simulador e de voo. De acordo com o fabricante, foram realizados mais de 207 voos, que somam 360 horas, com o software MCAS atualizado.

Agora os dados e modificações serão enviados a FAA, órgão regulador da aviação civil dos Estados unidos, incluindo detalhes sobre como os pilotos interagem com os controles e dados exibidos pelo avião em diferentes cenários de voo. Após a validação de todos aos parâmetros pelas autoridades aeronáuticas, a Boeing deverá ainda apresentar um voo de teste final, com vista a obter uma nova certificação para a família 737 MAX.

De acordo com investigação preliminar, o acidente com o 737 MAX 8, da Lion Air, ocorre após o sistema MCAS interpretar de forma equivocada dados errados dos indicadores AoA . Com parâmetros incorretos o MCAS agiu conforme programado para a situação reportada pelo AoA, baixando o nariz da aeronave. Os pilotos não tinham indicações sobre problemas nos indicadores dos sensores, iniciando assim uma cadeia de reações que levou ao acidente.Leia mais

registrado em:
Fim do conteúdo da página