Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Futuro caça brasileiro também poderá ser produzido no Canadá
Início do conteúdo da página

Futuro caça brasileiro também poderá ser produzido no Canadá

  • Publicado: Terça, 04 de Junho de 2019, 20h05
  • Última atualização em Terça, 04 de Junho de 2019, 20h05

A Saab poderá instalar uma unidade de produção do caça Gripen NG no Canadá, caso o governo de Ottawa opte pelo modelo sueco. A real força aérea canadense estuda a compra de novos caças, visando a substituição de parte da atual frota de CF-18 Hornet, que será aposentada em 2032.

O projeto de modernização da frota de caças canadense tem valor de 19 bilhões de dólares canadenses (US$ 14 bilhões) e inclui um extenso pacote de benefícios industriais garantidos para o país ou compensações comercial fornecida pelo vencedor. O pedido que pode chegar aos 88 aviões, pode envolver a construção de uma unidade fabril no Canadá, em processo similar ao adotado pelo governo brasileiro.

A força aérea canadense deverá receber as propostas iniciais até meados de 2019, com previsão de escolha do vencedor no final de 2021. Os primeiros aviões devem ser entregue quatro anos depois, com a exigência que a capacidade operacional inicial ocorra em 2026, com a última entrega ocorrendo até 2032.

Os atuais CF-18A, versão canadense do F/A-18 Hornet, deverão ser gradualmente retirados de serviços até meados dos anos 2030, exigindo a sua substituição por um novo vetor de combate. Leia mais

registrado em:
Fim do conteúdo da página